jusbrasil.com.br
21 de Agosto de 2019

Gaeco apreende mais de uma tonelada de maconha

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), finalizou na manhã de domingo (28.07) uma operação que resultou na apreensão de 1 tonelada e 124 quilos de maconha, três veículos roubados e caixas de munição. O flagrante ocorreu no BR 060 KM 32, próximo ao município de Jardim (MS), divisa com o Paraguai. A ação contou com o apoio do Gaeco de MS,Polícia Militar de MS e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que fez a abordagem aos veículos.

Segundo o promotor de Justiça Marcos Regenold Fernandes, o Gaeco recebeu a informação de que traficantes sairiam de Mato Grosso para buscar a droga no Estado vizinho. A distribuição do entorpecente seria feita em bocas de fumo de Cuiabá, Várzea Grande e em outros Estados. Ainda de acordo com o promotor, para chegar até a capital de Mato Grosso os traficantes se dividiram em três carros sendo um voyage com placa de Goiás, número OGS 4630, mas que após checagem a polícia identificou que a numeração não batia com chassi e motor. Neste veículo estavam 674 kg de maconha.

O segundo veículo apreendido foi um pálio de placa OAT 5213 que era usado como batedor, ou seja, ia à frente dos demais para comunicar possíveis barreiras policiais. Nele foram presas duas pessoas identificadas preliminarmente como Geraldo e Juliano.

Já o terceiro carro era um Idea de placas KAQ 6771, que havia sido roubado no dia (09.05) em Várzea Grande e que estava carregado com 450 quilos de maconha, mais duas caixas de munição de calibre 38. Haviam também vários galões de combustível, eis que o bando não queria se expor a abastecer os veículos em postos.

Além de Geraldo e Juliano foi preso também um terceiro homem identificado como 'Bubu'. "Existe um problema de identificação dessas pessoas em um primeiro momento, visto que, geralmente eles não viajam com documentos e quando os fazem essas identificações geralmente são falsificadas, explicou o promotor .

O material apreendido e os três presos foram encaminhados para a Comarca de Jardim (MS) local da apreensão.

O membro do Ministério Público explicou ainda que a abordagem aos traficantes estava programada para ser feita no Estado de Mato Grosso, mas como houve receio de que os veículos se dividissem em outros caminhos, além da dificuldade de estarem no período noturno, resolveram antecipar a abordagem.

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)